Buscar
  • Redação

Tia revela horrores cometidos pela travesti Suzy: 'abusou de crianças'


A transexual Suzy de Oliveira foi condenada a 36 anos e 8 meses de prisão por estuprar e matar uma criança de 9 anos, em maio de 2010. Ela teria deixado o corpo da criança apodrecer em sua sala por 48 horas. O nome de batismo do criminoso é Rafael Tadeu de Oliveira Santos. As informações são do site O Antagonista.


Suzy, segundo apurou o Metrópoles, já teria sido acusada por patrões e parentes de abusar de outras crianças. Segundo relatos feitos em oitiva por uma tia de Suzy, constante das folhas 645 a 650 do Pedido de Revisão Criminal, “ele roubava, mentia e não ia para a escola, até os 12 anos. Depois dessa idade, começou a roubar com arma e fumava maconha”, disse em depoimento no processo, que corre em segredo de Justiça.


A testemunha ainda declarou que Suzy teve problemas com os patrões quando trabalhava em uma padaria. “Foi acusado de estar abusando de uma criança de 3 anos, e os parentes da criança foram na minha casa atrás dele, querendo matá-lo”, contou a mulher ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).


Matéria completa aqui.

243 visualizações

©2019 by transmissão esportiva. Proudly created with Wix.com