Projeto de Lei pode empurrar Tifanny para o vôlei masculino e gera muita discussão
Buscar
  • Redação

Projeto de Lei pode empurrar Tifanny para o vôlei masculino e gera muita discussão


A transexual Tifanny é um dos nomes mais comentados do voleibol feminino na atualidade. Atacante do Sesi Vôlei Bauru, Tifanny, cujo nome de nascimento é Rodrigo Abreu, pode ser empurrada para o vôlei masculino.


No começo de abril, o deputado estadual Altair Moraes (PRB-SP) apresentou o Projeto de Lei 346/2019, que restringe a participação de transexuais no esporte. Neste caso, o único critério para a prática esportiva seria o sexo biológico.


Neste cenário, Tifanny ficaria impedida de competir entre as mulheres e teria que voltar a jogar com os homens - ainda como Rodrigo Abreu, a atleta atuou em equipes masculinas.


Altair Moraes garante que o Projeto de Lei não tem a ver com Tifanny. A restrição valeria para todas as modalidades esportivas. O projeto enfrenta resistência.

0 visualização

©2019 by transmissão esportiva. Proudly created with Wix.com