Netflix apoia o aborto e começa a perder clientes em todo o Brasil
Buscar
  • Redação

Netflix apoia o aborto e começa a perder clientes em todo o Brasil


A Netflix está em uma situação delicada. No estado da Geórgia, nos Estados Unidos, a direção da empresa de streaming revolseu se posicionar contra a proibição do aborto adotada pelo governo local.


A Georgia aprovou uma lei que libera o aborto somente até o momento em que o coração do bebê começa a bater (o que ocorre entre a terceira e quarta semanas após a concepção), salvo nas hipóteses de estupro.


A NetfIix anunciou um boicote ao Estado, ameaçando parte dos US$ 2,7 bi em investimentos da indústria do cinema em novas produções no local, indústria que emprega cerca de 92 mil pessoas. Há um incentivo fiscal que devolve ao estúdio 20% do total investido na produção.


A atitude da empresa não está pegando bem no Brasil, onde conta com mais de 8 milhões de assinantes, conservadores que assinam a plataforma ensaiam cancelamento em massa que pode ser prejudicial à empresa.


No Facebook, centenas de milhares de comentários críticos à posição da Netlifx estão sendo deixados em posts da empresa de streaming. Algumas pessoas disseram que já cancelaram suas contas.

0 visualização

©2019 by transmissão esportiva. Proudly created with Wix.com